=BEM VINDO=

=BEM VINDO=
Mais fotos no fotolog, clique na imagem...

=ATENÇÃO=

=ATENÇÃO=
se ligou né...

=VENENO SONORO=

PodCast Eremita RoOts... Publicações periódicas de muito boa música... É só dar o play e degustar da melhor vibe sonora fluindo, saparadae é siniXXXtra hehe é nozessssssssssssssssssssssss

quinta-feira, 18 de abril de 2013

A I Semana de Arte Urbana em Uberaba tem como intenção divulgar, conceituar e levantar debate sobre as manifestações artísticas desenvolvidas em espaços públicos, e que se diferenciam das manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. Realização do Coletivo Cultura Roulets em parceria com a Alternativa Cultural, Navy Tatto, EM Bezerra de Menezes e Jornal MUH, que visa proporcionar a população uma visão artística e conceitual das mais diferentes expressões encontradas nas ruas da cidade. Durante o mês de abril haverá debates com profissionais de diferentes áreas(artistas, arquitetos, governo, universidades), oficinas de Rima e Graffiti, exposição de trabalhos de vários artistas tendo com anfitrião Puf Capitão Caverna, fotos de Marina Scalon mostrando a intervenções da arte urbana na cidade de Uberaba, apresentação de Break e a participação especial da Batalha do Calçadão. Os trabalhos executados durante a oficina de graffiti ficarão expostos na parede lateral da Livraria Alternativa Cultural durante os meses de abril e maio, já os participantes da oficina de rima irão interagir com os convidados da Batalha do Calçadão. O Evento de abertura da I Semana de Arte Urbana em Uberaba, acontecerá no dia 19 de abril/2013 das 18:00 até as 21:00, no café da Livraria Alternativa Cultural – Rua Major Eustáquio, 500 – Centro – Uberaba/MG.

quinta-feira, 1 de março de 2012

=NOZESSS=



Puf Capitão Caverna, natural de Uberaba – MG, teve seu primeiro contato com o Hip Hop no final dos anos 80, através de filmes como “Beat Street” e “Break Dance” entre outros. Apesar de não saber muito do que se tratava, passou a se interessar pelos desenhos e expressão visual do elemento graffiti, e pela dança, o break, inerentes dessa cultura. Com muito esforço e sem muitas informações disponíveis na época, Puf procurou aprender sobre os aspectos e elementos deste movimento cultural vindo a conhecer pessoas que já praticavam tais atividades em sua cidade. Em 1993 começa a escrever suas rimas e funda o grupo “Fato Verídico”, que mais tarde veio a se tornar o “3Dfato” em meados de 1997/98, quando participam de uma coletânea independente e gravam pelo selo “Abracadabra”, de Ribeirão Preto - SP , a música “Rima de MG” que marca a transição do grupo e a criação do Home-Studio: “É precário + é loco produções periféricas”. Também atua como MC e segunda voz no “Eremita RoOts”, projeto paralelo do “3DFato”.
Sempre atuando no graffiti, de forma independente, executou alguns trabalhos para a prefeitura municipal e fundação cultural no circo o povo. Em 2002 realiza a primeira oficina de graffiti na cidade de Uberaba com o apoio do projeto “Periferia Cultural” onde contribuiu para a formação de novos artistas locais, dos quais, muitos estão em plena produção e atividade.
Ainda em 2002 começa a trabalhar também com desenhos para tatuagens e a se dedicar ao desenvolvimento, estudo e prática dessa arte profissionalizando-se como tatuador em 2004, ramo em que trabalha até os dias de hoje.
Também ministrou aulas, workshops, palestras e oficinas em escolas da rede estadual e instituições de assistência social pela ONG “Ação” com o projeto ‘Ponto de cultura - Hip Hop Educando’ nos anos de 2008 a 2010.
.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

=ETIQUETA DA TATTOO=


Dicas para conseguir uma boa tatuagem em dez pequenos passos:

1 - Tenha sua idéia previamente decidida antes de ir ao estúdio, se não tiver, explique claramente o que você pretende, para que o tatuador possa executar o serviço de maneira que atenda suas expectativas. Aceite as opiniões do profissional, pois ele possui experiência suficiente para saber o que fica bom ou não, caso ele não saiba, melhor procurar por um que saiba.

2 - Busque conheçer o trabalho do artista antes de procurá-lo para fazer sua tatuagem, pesquise com amigos ou outros clientes dele. Quando chegar ao estabelecimento, peça para ver fotos de seus trabalhos. Caso não fique satisfeito com o que ele lhe mostrar, procure um que atenda às suas expectativas.

3 - Observe as condições de higiene do local, se os materiais são descartáveis e/ou estéreis e se as tintas e agulhas são apropriadas para tatuagem.

4 - Nunca leve crianças pequenas, pois elas podem atrapalhar o bom andamento do trabalho, além de irritar você devido a algum comportamento próprio da idade, favorecendo o seu desconforto durante o procedimento, pode irritar também o tatuador e desconcentrá-lo tornando possíveis alguns erros que podem ser irreverssíveis.

5 - Não pechinche. Este ato pode desmotivar o profissional, que verá seu trabalho desvalorizado, podendo assim não ter tanto empenho para que sua tatuagem fique perfeita. Como disse o pioneiro tatuador Sailor Jerry: "Boas tattoos não são baratas, e tattoos baratas não são boas."Sailor Jerry


6 - Não leve amigos que pensam saber tudo sobre tatuagem (a não ser que seu amigo seja tatuador também), seu amigo pode irritar e/ou desconcentrar o profissional com perguntas ou palpites absurdos. Prefira levar com você um acompanhante que lhe inspire calma e confiança, pois este sim, lhe apoiará caso precise.

7 - Não faça uso de álcool ou drogas antes do procedimento, pois pode ser que sua sensibilidade aumente fazendo com que sinta mais dor e não colabore (ficando inquieto) comprometendo o bom andamento do trabalho e também o resultado final da sua tattoo.

8 - Caso planeje alguma recreação que envolva exposição ao sol ou imersão em águas de uso coletivo como piscinas, saunas, praias, rios ou cachoeiras, prefira deixar para fazer sua tattoo depois. Isso pode comprometer seriamente a cicatrização e o resultado final do trabalho.

9 - Não fale ao celular durante o procedimento, pois durante conversas ao celular, as pessoas tendem a ficar inquietas prejudicando assim o trabalho.

10 - Siga atentamente aos cuidados que o tatuador lhe prescrever, isso é primordial para a boa cicatrização e um resultado final satisfatório.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

"A História do Graffiti em Uberaba-MG"

Antes de falar em graffiti, temos que lembrar as origens da pichação em Uberaba nos anos 80 e 90, quando existiam “gangues” de jovens disputando espaço nas noites urbanas da Zebulândia, infelizmente não temos registros visuais de suas assinaturas, mas segue uma pequena lista com nomes de algumas que figuraram nesse pequeno submundo noturno e fizeram parte do meu imaginário adolescente...
KÃES VADIUS, CODOYERS, GANG DO GREG, BOKA LOKA, LOS LOBOS,DEMÔNIOS DA NOITE, OS PIRATAS, FÚRIA, BARBOSA, e muitos outros que Não consigo me lembrar nesse momento... hehe um monte !!!


Os primeiros passos do graffiti foram iniciados na cidade de Uberaba em meados dos anos noventa, com alguns garotos que gostavam do colorido dos desenhos e letras diferentes,influenciados pelos filmes de dança norte-americanos como “Beat Street” e “Break Dance” mas não sabiam bem como a coisa funcionava na realidade...
È difícil citar nomes, mas arrisquemos um breve resumo começando com pelo menos três dos aventureiros da cultura urbana do graffiti na cidade: ALEREP, TIZYL e PUF no anos de 1993/94 e sempre paralelamente também com alguns b.boys ou praticantes do Hip Hop local. Mas logo surgiram outros artistas como BIGAS, PUERA e CAPONE que formavam a STYLE CREW da qual PUF começou a fazer parte em 1999
Em meados de 2001, se não me engano, começou a ser desenvolvido na cidade a iniciativa “Periferia Cultural” , onde ocorreram oficinas de Hip Hop com o apoio de Órfilo Fraga (Filó) que coordenava o projeto Tribais... nessas oficinas surgiram muitos artistas não só para o graffiti mas para a cultura de um modo geral.
Surgiram novas crews como DEAD CREW, T.A.G. CREW e ATAK VISUAL
Depois disso já foram ministradas outras oficinas em outros projetos, como as do
“Hip-Hop Educando” desenvolvidas com o apoio da ONG Ação em escolas públicas
e institutos de desenvolvimento social diversos ...

E desde então a coisa não para de crescer, sempre surgindo novos artistas, seguindo o desaparecimento de outros e o reaparecimento de outros tantos... saparadaê hehe

sábado, 1 de agosto de 2009

"O Graffiti" ... por: =PuF3DFato=

Direto das profundezas das cavernas ao cotidiano moderno... bem, foi mais ou menos assim que as coisas começaram mesmo, ninguém sabe ao certo como, porque e quando foi, mas alguém sentiu a necessidade de expressar seu pensamento de forma visual, grafado nas paredes das cavernas. Várias teorias tentam explicar os motivos das pinturas que ilustram atividades corriqueiras como guerras, caçadas, figuras humanas, animais e algumas até curiosas e indecifráveis para nós, mas foi ali que a linguagem gráfica, e até podemos dizer, que a própria escrita começou.
Algumas sociedades modernas ainda usam alfabetos que descendem de desenhos rupestres, palavras q são como desenhos ou desenhos que representam palavras e expressões. Podemos citar como exemplo o Japão e seus três alfabetos que somam mais de cinco mil símbolos e caracteres....
Mas e esse graffiti ou grafite que nós conhecemos ? Como surgiu ?
A palavra grafite vem do grego “grafhen” que quer dizer escrita, e também é o nome de uma pedra de carvão mineral macia que hoje em dia é usado na fabricação do lápis. Mas na época do Império Romano era usado para escrever nos muros das cidades frases e desenhos com protestos, propaganda, mensagens de amor, enfim, pensamentos diversos... podemos comprovar isso com os achados na antiga cidade de Pompéia, soterrada pelas cinzas do Vesúvio no século I da nossa era...Podemos ver então que esse hábito de escrever nas paredes é bem antigo e nos acompanha com o passar das eras. No final do século vinte em NewYork, mais precisamente no final da década de 70. Os jovens pobres que habitavam os bairros negros e latinos da grande cidade inventaram um tipo de escrita estilizada para marcar os territórios ocupados pelas gangues locais, como forma aviso ou afronta perante os seus rivais. Nessa mesma época se firmava, na cidade, com seus demais elementos (o Break, o DJ e o MC), o movimento cultural Hip Hop (mas isso é uma outra história), e o grafite se tornou a expressão visual desse movimento que se espalhou pelo mundo.
O Graffiti evoluiu e se ramificou em vários estilos e formas com o passar do tempo, as mais básicas são: o tag, o throw up ou
bomb,
o wild style , o free style e o 3D style. Mas existem outros como o sticker e o stencil ou molde vazado.Graffiti por:Lerdo, Fedos, Binho - SP

Existem vários artistas hoje em dia que são reconhecidos e exibem suas obras em museus pelo mundo, e outros, convidados para executar grandes obras em monumentos diversos e até castelos medievais... e eles surgiram nas ruas !
O importante é se expressar e mostrar que a criatividade e a arte não tem limites...


Colaborador: http://eremitaroots.blogspot.com/

terça-feira, 21 de julho de 2009

"A Tatuagem"... por: =PuF3DFato=

A Tatuagem também é um hábito humano bem antigo.Existem vários achados arqueológicos que mostram resquícios de pessoas que tinham a pele marcada e pigmentada de maneira não natural... as razões? Inúmeras, tanto quanto as culturas que as praticavam. De alguma forma o homem descobriu uma maneira de marcar a pele e a usar pigmentos para evidenciar essas marcas, que para algumas culturas eram uma ligação com a história dos seus ancestrais. Cicatrizes de batalhas, diferenças entre clãs ou castas tribais, profissões, curandeirismo, proteção espiritual, condenação de criminosos e vários outros motivos ...


A Tatuagem chegou ao ocidente pelas mãos dos marinheiros, o próprio nome “ Tattoo” é uma onomatopéia do som q se ouvia quando os nativos das ilhas da Polinésia, os Maori, executavam suas tatuagens rituais com instrumentos feitos de madeira e dentes de tubarão. O barulho das batidas (ta ta ta to to) dos instrumentos eram acompanhados por canções e orações e era muito doloroso, os desenhos poderiam demorar vários anos para serem concluídos...


Os orientais também praticam a tatuagem desde muito tempo e os motivos geralmente incluem lendas religiosas, elementos da natureza, animais e flores, no Japão eram praticadas pelos nobres (Samurais) para ilustrar a história da família e a época do nascimento do indivíduo e sua posição dentro do shogunato, perto do período Edo elas se tornaram populares e chegaram ao ocidente também pelos marinheiros...

No ocidente as coisas não eram tão românticas ou sagradas para a arte da tatuagem.
Como era praticada por pessoas de classes sociais não muito favorecidas e próximas da marginalidade, ela ficou restrita aos portos e zonas de baixo meretrício por muitos anos.Somente no final do século XX as coisas começaram a mudar com respeito á visão que a sociedade tem dessa arte tão antiga. A restrição no ocidente veio antes de tudo por parte da religião cristã que condenava toda forma de alteração do corpo humano, como se isso fosse uma tentativa de se modificar a obra de Deus... (sem comentários...)



Atualmente com a liberdade de pensamento e com a facilidade das evoluções tecnológicas a prática se tornou uma bela arte aceita por várias classes e tipos de pessoas em todo o mundo...
A primeira máquina elétrica foi patenteada por Thomas Alva Edison (o cara da lâmpada),no final do século XIX, e partia do princípio de um marcador de metais, mas hoje temos uma vasta indústria voltada para desenvolvimento e fornecimento de materiais cada dia mais seguros valorizando a arte em todas as suas manifestações....



Hoje no Brasil temos vários artistas que se destacam pela sua originalidade e pela qualidade do seu trabalho se tornando verdadeiras referências como Maurício Theodoro, Marco, DaCruz, Taiom, Márcio Duarte, Markão, Edge, Oderus, Tita, Timba, Júnior, Lango e muitos outros...

Na gringa como a coisa já está em outro patamar podemos destacar nomes como Seth Ciferi, Joe Capobianco, Jimé Littwalk, Victor Portugal, Clean Rock One, Jeff Zuck e tantos outros que nem dá pra ficar lembrando agora hehe seriam nomes demais ...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

DOWNLOAD CD "O EREMITA"


CD O Eremita Lançamento 2009 ja nas ruas...
Caminhando Além das Montanhas de Concreto
LINK PARA DOWNLOAD DO CD:
http://rapidshare.com/files/196236020/O_Eremita_mp3.rar
OU...
http://rapidshare.com/files/194298489/O_Eremita_mp3.rar

* ficha tecnica:
Vouglas "O Eremita" - Vocais/rimas/scratchs
Puf.Capitão Caverna - vocais/apoio
Manu U-ganga - percussão
Ras Phael U-ganga - escaleta
*participação faixa 06 Stranjah - Moaanbessa sound system

* contatos:
www.myspace.com/OEremita
Eremitaroots@hotmail.com
Eremitalmmg@hotmail.com
(034) 88338522 - 91497088
Ouça o Eremita na Last.fm
http://www.lastfm.com.br/music/O+Eremita

=TRAMPOS=






=3DFATO CREW=

3DFATO Crew... Desde 1997!
Familia! nada descreve melhor a União desse Projeto...

formado no ano de 1997 o Grupo 3DFATO tem como idealizadores os figuras:
Vouglas "O Eremita" - Mc,Dj e Produtor...
Puf "Cap.Caverna" - Mc, Grafiteiro e Tatuador
em 2007 soma-se ao Projeto o Mc,Produtor e cumpadi Quasenada...
formando assim o Projeto, Crew, Familia etc...
3 mentes positivas dexavando beats, rimas & Derivados!

Influências:
roots reggae, hip hop, Jazz, bossa nova & Mpb...
Puf "Capitão Caverna" - Vouglas "O Eremita" - Quasee "Quasenada"

Projeto sonoro nas Ruas ainda em 2009... aguarde!
www.myspace.com/3dfatolmmg


CRÉDITOS:http://Eremitaroots.blogspot.com